top of page

A vida é breve


  • Texto publicado em meu antigo Blog em 08/02/2019


O dia amanheceu com mais uma terrível notícia: a morte de 10 adolescentes devido a um incêndio. Não faz muito tempo que ouvimos sobre a morte de mais de 150 pessoas em Brumadinho. As chuvas dos últimos dias também fizeram muitas vítimas. A cada dia em nossas cidades e em nossos bairros perdemos pessoas para a violência, para as drogas, para a depressão.


Tantas vidas... tantos sonhos... que se vão tão de repente!


Quantas pessoas em sofrimento. Os que se foram, deixam saudades nos corações dos que ficaram, os que tiraram a própria vida sofriam tanto que não suportavam mais viver, a violência e as drogas que tão cruelmente tiram vidas inocentes, a ganância dos poderosos que na ânsia de ter sempre mais dinheiro e poder, tiram daqueles que já não tinham quase nada...


Notícias como essas tornam-se rotineiras e isso pode ocasionar um sentimento de incapacidade, como se não fosse possível mudar nada, apenas aceitar!


É difícil buscar ânimo quando tantas coisas ruins nos cercam, e nem sempre essas coisas terríveis estão distantes, as vezes estão em nossas famílias, em nossas casas e até em nós mesmos.

Mas a vida vale a pena, as pessoas valem a pena! É necessário ter coragem para decidir procurar o belo em meio a tantas coisas ruins e dolorosas, é um desafio decidir fazer a diferença, não é fácil, mas é possível!


Precisamos nos unir, aproximar as pessoas. O ser humano precisa de companhia para tirar forças um do outro, experiências de vida podem ajudar pessoas em situações parecidas, troca de afetos geram acolhimento e pode trazer esperança para aquele que sofre, um abraço e um ombro amigo pode fazer alguém acreditar novamente que é possível!


Diante desses últimos acontecimentos, temos que nos solidarizar com as famílias que estão sofrendo com as perdas de entes queridos e ao mesmo tempo podemos refletir nos que estão a nossa volta e tentar ser uma ponte que liga pessoas, que leva esperança e que mostra que mesmo quando as coisas não vão bem haverá alguém ali torcendo, lutando e amando você!


Tem dias que seremos a mão estendida para alguém e tem dias que precisaremos segurar a mão estendida de alguém!


Não desista e acredite que é possível construir relações melhores!


Psicóloga Aline Sartori

Facebook/Instagram: @psi.alinesartori

Comentários


bottom of page