top of page

Vamos passear?

  • Texto publicado em meu antigo Blog em 29/03/2019

“Estou me esforçando para conseguir aquela promoção no meu trabalho, quando eu conseguir aí sim minha vida será boa.” “Eu realmente serei feliz quando me casar e tiver filhos.” “Quando eu conseguir aquele carro, celular, casa..... quando eu tiver um desses ficarei bem!”


Quando... Quando... a nossa vida sendo jogada para um futuro incerto!


Muitas vezes colocamos condições para nossa felicidade, primeiro é necessário conquistar alguns objetivos e só depois desfrutar da vida. Casar, se formar, ter filhos, conquistar uma casa/carro, ser promovido, emagrecer, engordar.... antes disso tudo, não se pode ser feliz!

Parece que estamos sempre adiando a nossa felicidade, afinal quando conquistamos algo não temos nem tempo de curtir nossa conquista, pois já incluímos outros itens em nossa lista de desejos e parece que cada vez mais são necessárias mais coisas para nos fazer felizes, completos e realizados.

É importante fazer planos e delimitar objetivos a serem alcançados, mas é preciso ficar atento para que durante o percurso até a conquista esperada não se deixe de viver. Ou se viva esperando um certo momento chegar. A vida precisa ser vivida no aqui e agora, cada busca, cada estrada, cada acerto e cada erro fazem parte da nossa história.

Se vivermos esperando ser felizes apenas quando conquistarmos tudo o que acharmos necessário, poderemos perder anos fantásticos que poderiam ter sido vividos intensamente.

Busque seus sonhos e objetivos, mas se esforce para aproveitar a vida enquanto busca por eles. Não se feche, não se isole, viva!

Não coloque condições para sua felicidade, se permita sorrir mesmo enquanto ainda não tiver conquistado tudo o que deseja. Construa relações saudáveis, visite as pessoas que te fazem bem, aprenda com seus erros, ria sem medo e se necessário, replaneje, recomece.

Uma vez ouvi uma expressão assim “quem viaja deseja apenas o destino, mas quem passeia aprecia também o caminho”, cada estrada que trilhamos não precisa ser aproveitada apenas quando o destino é alcançado, pode-se também aproveitar o caminho e caso o destino não chegue ou não seja o esperado, a caminhada valeu a pena, pois durante o percurso muitas coisas foram vividas!


Então, vamos passear pelas estradas da vida e aproveitar cada percurso?


Psicóloga Aline Sartori

Facebook/Instagram: @psi.alinesartori

Comments


bottom of page